fbpx
Siga nossas redes

A tendência dos ambientes integrados na arquitetura residencial

Por: Sbruzzi Arquitetura e Interiores • Postado: 16/06/2021

Aconchego, praticidade e estilo: conheça mais sobre a tendência da integração de ambientes nos projetos de arquitetura residencial e aproveite melhor seu imóvel.

Desde o seu surgimento, a arquitetura residencial carrega a proposta de refletir o modo de vida, os hábitos e até a cultura de seus moradores. Inclusive, ao longo dos anos, várias transformações foram ocorrendo nessas estruturas, a fim de atender às necessidades dos indivíduos e facilitar as suas atividades.

Na atualidade, esse movimento não está sendo diferente. Hoje, podemos identificar várias tendências que vêm permanecendo o período em que vivemos, como os ambientes integrados. Funcional e ideal para a convivência diária, a proposta ajuda a deixar a sua rotina mais simples, além de promover excelente sensação de amplitude e bem-estar.

Ficou interessado em saber mais? Aproveite para continuar a leitura, conhecer mais sobre a proposta e os seus pontos positivos na hora de elaborar um projeto arquitetônico!

A origem dos ambientes integrados

Muito se falar dos ambientes integrados na arquitetura residencial, mas pouco se sabe sobre a sua origem. Resumidamente, a proposta sofreu uma forte influência dos clássicos lofts nova-iorquinos – áreas que eram utilizadas como galpões, mas, como o tempo, se tornaram moradias e até ateliês.

Por não contarem com qualquer divisória, esses locais conseguiam refletir uma grande sensação de amplitude, além de terem versatilidade e serem facilmente adaptáveis.

Diante disso, e com o início da verticalização imobiliária, muitos arquitetos começaram a resgatar o conceito da integração. O objetivo é otimizar as poucas metragens disponíveis nos empreendimentos contemporâneos e, consequentemente, criar espaços multifuncionais.

Para tanto, um projeto deve ter as suas paredes removidas, unindo dois cômodos ou mais em um só local. Um de seus pontos fortes é a capacidade de promover uma incrível sensação de amplitude, boa iluminação e até ventilação, mas sem abrir mão do conforto e acolhimento.

Explorando o conceito da integração de ambientes

Quando analisamos os imóveis antigos, é muito comum identificar uma divisão precisa dos ambientes. De modo geral, esses espaços foram projetados para proporcionar mais privacidade aos moradores e, logo, cada cômodo é muito bem delimitado, seja com a ajuda de paredes ou demais estruturas.

A princípio, não há nada de ruim nisso. Porém, e diante de uma rotina moderna, cada vez mais as pessoas começaram a sentir a necessidade de alterar esses projetos de arquitetura residencial para obter maior interação com os seus familiares.

Assim, o conceito de integração de ambientes passou a ser aplicado em diferentes tipos de imóveis. Estúdios, apartamentos, duplex e casas tradicionais entraram na brincadeira.

Os benefícios de integrar ambientes na arquitetura residencial

  • Facilidade em personalizar o layout do imóvel de acordo com o seu gosto;
  • Aproveitamento total do espaço;
  • Excelente opção para promover maior proximidade entre os moradores e convidados;
  • Maior aproveitamento da iluminação natural, garantindo excelente conforto visual e qualidade de vida.

Dica da Sbruzzi

Ao planejar construções de arquitetura residencial, é importante tomar certos cuidados, como contar com o acompanhamento de um arquiteto e criar um projeto personalizado. Clique aqui e conheça as vantagens desse cuidado.

Em se tratando da integração de ambientes, será preciso uma análise minuciosa para identificar quais os cômodos serão interligados, os revestimentos utilizados no projeto e até a paleta de cores ideal.

O profissional ainda considera as preferências e rotina dos moradores e toma as precauções necessárias para garantir que eles tenham mais qualidade de vida e praticidade. Pense nisso!

 

Viu só? São diversos os motivos para apostar no conceito da arquitetura residencial. Basta colocar essas recomendações em ação e aproveitar um resultado ideal para o seu lifestyle.

E se gostou do conteúdo, compartilhe o link nas redes sociais e divida essas informações com os seus contatos. Nos vemos em breve!

Compartilhe

Leia também


Últimos posts